O Barroso segurou as pontas e usou a vantagem conquistada no primeiro jogo da final. O resultado de Barroso 3 X 1 Tubarão deu ao Almirante a oportunidade de perder fora de casa por um gol de diferença e foi exatamente o resultado de Tubarão 1 x 0 Barroso que deu o título para Itajaí.

O primeiro tempo foi todo do Peixe. O Tubarão colocou pressão na defesa alvi-verde e criou diversos lances perigosos, dando ao goleiro Rodolfo a oportunidade de mostrar porque é um dos indicados para melhor do campeonato, em sua posição. Mas as defesas de Rodolfo não puderam evitar o gol de pênalti, marcado por Brasão.

O Tubarão continuou acreditando,  empurrado pela torcida, mas o Barroso não deu brecha. O técnico Renê Marques foi substituindo Douglão por Diego Santana,  Safira por Rafael Recife e Carlos Henrique por Rodolfo Recife, e fechando o time para administrar o resultado.

Barroso, Campeão da Série B do Catarinense ainda concorre na terça-feira (13) a diversos prêmios na SELEÇÃO CRAQUE DA SÉRIE B 2016, que acontece às 19h, na sede da Federação Catarinense de Futebol, em Balneário Camboriú. Indicados aos melhores de suas posições estão, o goleiro Rodolfo, o lateral Marlon Pichu, os meias Safira e Rodrigo Couto, o atacante Douglão e o treinador Renê Marques.

O time que entrou nessa final pelo Barroso foi: Rodolfo, Pichu, Robenval, Tessio,  Buru, Adriano Chuva, Jefferson Paulista,  Rodrigo Couto,  Carlos Henrique (Rodolfo Recife), Safira(Rafael Recife) e Douglão  (Diego Santana)

No Tubarão a escalação contou com Jandrei, Ramon, Victor Hugo,  Allyson,  Matheus Barbosa, Deca, Israel, Parrudo, Brasão, Clayson e Everton Júnior.

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)


COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais