O início do Camboriú FC na Série B do Campeonato Catarinense não foi, nem de longe, o que a torcida e a equipe esperavam. O Tricolor foi a Itaiópolis enfrentar o Operário de Mafra no estádio 16 de abril, neste domingo, dia 2, e acabou derrotado por 4×2. Brasão marcou os dois gols da Cambura enquanto Pedro, Paulo Henrique, Ian e Alves marcaram na vitória de 4×2 do time da casa.

Com o resultado, o Camboriú está na oitava colocação na Série B, ainda sem pontuar. O próximo jogo do Tricolor será a estreia em casa, na quinta-feira, dia 6. A Cambura recebe o Guarani de Palhoça, no Robertão, às 20 horas.

O jogo

O Tricolor começou o jogo em ritmo lento e foi surpreendido logo aos 6 minutos. Em cobrança de falta de longe, Pedro fez o primeiro do Operário, Dez minutos depois, aos 16, no segundo arremate dos donos da casa, mais um gol. Paulo Henrique bateu no ângulo para fazer 2×0.

O segundo gol pareceu acordar a Cambura, que passou a dominar as ações do jogo e diminuiu dois minutos depois. Após bate rebate na área, Brasão empurrou para o gol. Logo depois, aos 24 minutos, Junior Maceió lançou Padu, que dominou com muita qualidade e serviu Brasão, que só teve o trabalho de empurrar. Segundo gol do artilheiro na competição, 19º com a camisa da Cambura. Intervalo, 2×2.

Assim como na parte final do primeiro tempo, o Camboriú voltou dominando as ações na segunda etapa e criou chances de virar o placar, com Brasão e Juninho Aguiar. Foi o time da casa, porém, quem voltou a marcar. Aos 18 minutos, Ian bateu falta na área, ela passou por todo mundo e morreu no fundo das redes de Fabrício. Três minutos depois, Junior Maceió recebeu o segundo cartão amarelo e deixou a Cambura com 10 jogadores em campo.

Mesmo com um a menos, o Tricolor se lançou ao ataque e criou chances de empatar. Na mais clara delas, Feijão teve a chance de arrematar da linha da pequena área, mas o chute acabou desviado. Já nos acréscimos, em contra-ataque, Alves marcou o quarto gol do Operário. Fim de jogo: Operário 4, Cambura 2.

Camboriú: Fabricio Morales, Darlem, Junior Maceió, Guilherme, Cássio (Ruhan); Benhur (Renato Junior), Felipe Recife, Juninho Aguiar; Klysman (Feijão), Padu e Brasão. Téc.: Rodrigo Cascca.


O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)


COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais