Jogando no estádio Camilo Mussi, o Camboriú FC enfrentou o Almirante Barroso em partida válida pela quinta rodada do returno do Catarinense Série B 2018. O Tricolor criou pelo menos cinco chances claras de gol, mas não conseguiu balançar as redes e foi punido pelo clichê "quem não faz, leva". Com gol de Jean, os donos da casa venceram por 1×0.

Com o resultado, a Cambura para nos 8 pontos na classificação do returno, agora na quarta colocação, quatro pontos atrás do líder Metropolitano. O próximo compromisso será justamente contra o Metrô, sábado, dia 28, às 16 horas no Robertão.

O jogo

A história da partida poderia ter sido totalmente diferente se o Tricolor tivesse aproveitado a grande chance que surgiu logo aos 2 minutos. Em contra-ataque após escanteio, o ataque do Camboriú saiu em três contra um, cara a cara com o goleiro. Porém, Flavio Paulino acabou vendo seu passe para Tiago pará ser interceptado por Luanderson. Outra grande chance veio aos 14 minutos. Tiago Pará, dentro da área, soltou uma bomba que passou muito perto do gol adversário. Ali, já dava para sentir que, naquela noite, ela não queria entrar.

A terceira grande chance veio aos 31. Mota invadiu a área pela direita e bateu de canhota, mas mais uma vez, a bola preferiu tirar tinta da trave ao invés de morrer dentro do gol. Sete minutos depois, mais uma chance incrível perdida. Tiago Pará cruzou, a zaga cortou parcialmente e a bola sobrou livre para Flavio Paulino, pertinho da pequena área. O chute do camisa 10, no entanto, passou por cima do gol. Ainda na primeira etapa, Tiago Pará bateu falta e, mais uma vez, a bola morreu na linha de fundo tirando tinta da trave adversária No último lance do primeiro tempo, o castigo. Após cruzamento na área, Jean completou para o gol e abriu o placar para o Barroso. Intervalo, 1×0 para os donos da casa.

A história do jogo não mudou na segunda etapa. Cambura buscando o gol, Almirante na defesa. A melhor chance foi criada aos 16 minutos. Mota cruzou, Paulinho desviou de cabeça e, na risca da pequena área, Neilson não conseguiu concluir para o gol. Aos 28, o Tricolor reclamou de pênalti por uma mão na bola de Vitor Hugo, mas o árbitro nada marcou. Não era dia. Fim de jogo: Barroso 1, Camboriú 0.

Camboriú: Zé Carlos, Mota, Igor, Neguette, Higor Martins (Talys); Marlon, Ruan (Mateus Arence), Flavio Paulino; Paulinho, Tiago Pará e Neilson (Leo Galopolis). Téc.: Mauro Ovelha.

Imagens: ScreenShot - EsporteCampeão



O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais