Na quinta passada, uma invasão de campo generalizada atrasou o início da partida entre os franceses e os turcos válida pelo duelo de ida das quartas de final da Liga Europa. O jogo só começou por volta das 16h50, 45 minutos após o horário inicialmente marcado.


O incidente ocorreu perto do início oficial do jogo. Torcedores do Besiktas invadiram o campo após fogos de artifício serem lançados da arquibancada rival na direção de onde estavam abrigados. O gramado ficou repleto de pessoas e a briga ameaçou se generalizar.


Para amenizar o clima tenso, o presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, entrou no campo com outras autoridades e tentou restabelecer a calma, algo que durou quase 50 minutos para ocorrer. O atrito entre as duas torcidas já havia começado fora do estádio.


O caso foi julgado nesta quarta pela Uefa, que entendeu que ambas as torcidas foram responsáveis pela confusão e, por isso, puniu igualmente os clubes. Tanto Lyon quando Besiktas foram multados em 100 mil euros (cerca de R$ 335,7 mil).


Mas a pior punição ainda pode acontecer. Os dois clubes ficarão em período probatório por dois anos. Caso um deles reincida e cometa qualquer delito semelhante neste período, ficará impedido de jogar a próxima competição europeia para a qual se classificar.




COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais