Tite mostrou cautela e serenidade ao analisar a primeira derrota da seleção brasileira sob o seu comando, nesta sexta-feira, na Austrália. O treinador admitiu que, no revés por 1 a 0 para a Argentina, em amistoso disputado em Melbourne, o time do Brasil pecou no ataque. “Não tivemos efetividade”, resumiu.

“No segundo tempo, tivemos as melhores oportunidades. Jogamos melhor, articulamos mais jogadas, mas não tivemos efetividade. Por isso, perdemos”, comentou o treinador, em rápida entrevista na saída do campo.

Quanto à etapa inicial, Tite reconheceu que a Argentina esteve melhor, tanto que marcou o único gol da partida nesta etapa, aos 45 minutos. “O primeiro tempo foi mais equilibrado, com muitas dificuldades. Conseguimos neutralizar os dois articuladores da Argentina, Dybala e Messi, mas pelo lado esquerdo eles tiveram certa facilidade”, analisou.

Sem esconder o lamento pelo primeiro revés, após nove vitórias consecutivas na seleção, o treinador pregou que ele e a equipe precisam “absorver” rapidamente a derrota. “O sentimento é ruim, por perder, é um sentimento inconteste. Tem que saber absorver, eu tenho que saber absorver para ter a coerência da análise.”

A seleção brasileira volta a campo na terça-feira para mais um amistoso. Desta vez vai enfrentar a anfitriã Austrália, novamente às 7h05 da manhã (horário de Brasília), no mesmo estádio Melbourne Cricket Ground.

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)


COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais