Na noite desta quarta-feira, dia 13, no Robertão, o Camboriú recebeu o Marcílio Dias em partida válida pela segunda rodada da Série B do Catarinense 2018 e, após abrir 2×0 no placar e dominar a partida durante quase o jogo inteiro, cedeu o empate ao adversário nos minutos finais. O estreante Tiago Pará e Paulinho Oliveira marcaram os gols da Cambura, enquanto Schwenk anotou os dois gols do Marinheiro.

Com o resultado, o Tricolor chega aos 4 pontos na Série B e ocupa a terceira colocação na tabela, com a mesma pontuação do vice-líder Fluminense e dois atrás do líder, Juventus. Na próxima rodada, o Camboriú vai a Itajaí encarar o Barra no estádio Camilo Mussi. O duelo será no domingo, dia 17, às 10h.

O jogo

Jogando em casa, o Tricolor dominou as ações da partida desde o primeiro minuto. Com ampla posse de bole na primeira etapa, a Cambura sofria com a forte marcação do Marcílio Dias, que se traduziu em um número exagerado de faltas desde o início da partida. O Camboriú criou boas chances com Aldair no primeiro tempo, mas a melhor chance veio aos 37 minutos. Paulinho Oliveira cobrou falta na área e Gabriel Peres cabeceou forte, tirando tinta da meta adversária. O placar não foi alterado nos primeiros 45 minutos.

Na etapa final, não demorou muito para que a superioridade fosse traduzida em gol. Aos 5 minutos, após cobrança de lateral, Tiago Pará apareceu sozinho na área para tocar de primeira, sem chances para o goleiro adversário: Cambura 1×0. O Tricolor continuou dominando as ações após o gol. Aos 13, o mesmo Tiago Pará roubou bola no ataque, invadiu a área e bateu com perigo, mas a bola passou raspando o gol do Marcílio Dias.

Dos 20 aos 25 minutos, uma sequência avassaladora da Cambura. Primeiro, Aldair acertou o travessão. Depois, mais uma bola que passou raspando. Aos 26, no entanto, não teve jeito. Dentro da pequena área, Paulinho aproveitou cruzamento e escorou para fazer o segundo. Aos 29, quase o terceiro. Paulinho tentou por cobertura, mas a bola passou perto.

Aos 37, teve início a reação do Marcílio Dias. Schwenk recebeu dentro da área e bateu forte para diminuir. Já nos acréscimos, o mesmo Schwenk caiu na área. O árbitro entendeu o carrinho de David como pênalti e, na cobrança, o atacante marcilista deixou tudo igual. Fim de jogo: 2×2, um empate amargo, mas que deixa lições e boas expectativas para a sequência da competição.

Camboriú: Zé Carlos, Mota, Igor, Gabriel Peres, Talys; David, Ruan, Paulinho Oliveira, Aldair (Marlon); Tiago Pará e Neilson (Edilson). Téc.: Mauro Ovelha


O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais