Campeã olímpica na Rio 2016, Martine Grael encara outra importante competição mundial, a Volvo Ocean Race. Integrante do team AkzoNobel, a atleta disputa a segunda etapa da regata de volta ao mundo, entre Lisboa, em Portugal, e Cidade do Cabo, na África do Sul. E o percurso pelo Atlântico oferece a opção às equipes de passar perto da costa brasileira. O AkzoNobel segue na liderança da perna na manhã desta sexta-feira (17) após mais de 60% do percurso percorrido.

''Depois dos Jogos do Rio, estou velejando em águas muito parecidas como esta, porque são as mesmas ondas que a gente pega na costa do Rio, e lá eu era total experiente na minha classe (49er FX) e aqui estou como principiante. Aqui é uma mudança bem grande, mas eu estou aproveitando bastante, principalmente essas águas mais tranquilas, porque tem bastante pela frente'', disse Martine Grael. ''Nós estamos em uma altitude próxima ao Rio (Niterói), onde eu moro, e sinto saudade de casa, porque estou muito tempo fora, então às vezes no barco eu ponho um pouco de música para lembrar um pouco de casa''.


Na teoria, as equipes mais próximas da costa brasileira - Dongfeng Race Team, MAPFRE, Team Brunel e Vestas 11th Hour Racing - provavelmente pegarão os ventos mais fortes a partir de agora. Os barcos devem terminar a etapa até o dia 24 de novembro.

Itajaí na Volvo Ocean Race

Itajaí representa pela terceira vez Santa Catarina e o Brasil na Volvo Ocean Race, o maior evento de vela do mundo. Só em 2015, 350 mil visitantes participaram do evento em Itajaí.

A Vila da Regata brasileira ficará aberta ao público de 05 a 22 de abril de 2018 e a previsão é que os primeiros barcos cheguem ao litoral catarinense no dia 08 de abril.

No dia 20 de abril será realizada a In-Port Race, uma competição que é realizada nos locais de parada. No dia 21, os barcos estarão abertos ao público e, no dia 22, será a partida das equipes de Itajaí rumo a New Port (EUA).

Percurso

Esta edição da VOR vai percorrer ao todo cerca de 83 mil km, passar por quatro oceanos, cinco continentes e parar em 11 cidades: Lisboa (Portugal), Cape Town (África do Sul), Melbourne (Austrália), Hong Kong (China) e Auckland (Nova Zelândia). Depois de Itajaí, seguirá para New Port (Estados Unidos), Cardiff (Reino Unido), Gothenburg (Suécia) e encerrará em The Hague (Holanda).

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais