O capitão norte-americano, Mark Towill, do veleiro Vestas 11th Hour Racing, se surpreendeu com o interesse do público pela regata em Itajaí. “Ontem mandei uma foto aqui da Vila da Regata lotada e disse para a organização em New Port fazer tão bom quanto Itajaí está fazendo”, afirma Mark.

Simeon Tienpont, da AkzoNobel, falou sobre a campanha da equipe holandesa no campeonato. Sobre a conquista do terceiro pódio consecutivo, ele falou que o começo foi difícil em Alicante (Espanha) e que a equipe está muito bem e unida. O holandês ainda comentou a experiência de ter na equipe a brasileira Martine Grael. “Foi um prazer quando ela entrou na equipe. Tivemos que nos acostumar, pois ela tem experiências diferentes em relação à vela. Porém, Martine nos impressionou pela forma como aprendeu rápido, além de sempre ter um sorriso no rosto e um ótimo humor”, ressalta.

Outro assunto comentado foi sobre a perda de um dos velejadores, John Fischer, do time chinês Sun Hung Kai/Scallywag. O tema fez o capitão David Witt se emocionar ao lembrar do companheiro de equipe e melhor amigo.

A coletiva de imprensa foi concedida antes do início da In-port Race, regata local que abre as disputas dos veleiros no Brasil. O vencedor soma sete pontos para a classificação das In-Port Race, que será usada em caso de desempate ao final de todas as regatas da Volvo Ocean Race.

No domingo é a largada oficial para a oitava etapa da Volvo Ocean Race. Os barcos sairão de Itajaí rumo a New Port, nos Estados Unidos. Os portões abrem às 10h.

COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais