O Centro de Atenção Farmacêutico - CAF completa dois meses de funcionamento. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o espaço registra aumento de 64,22%. A unidade faz parte de um projeto de descentralização da distribuição de medicamentos, que até o mês de agosto - deste ano - tinha a Policlínica como base. O Centro funciona onde era a antiga Farmácia Popular, que era um programa mantido com recursos do Governo Federal.

"Notamos que o paciente que necessita de medicamento controlado está vindo com mais frequência até o CAF. O novo local favorece o acesso. Tem uma melhor localização. É mais central, próximo ao terminal rodoviário. Há muitos idosos que necessitam de medicação. Agora não precisam subir o morro da rua Tuiuti para ir até a Policlínica. Facilita a mobilidade da população. O nosso objetivo está sendo alcançado", detalha a secretária de Saúde, Sueli Oliveira.

Duas farmácias

O CAF conta com dois polos farmacêuticos: a Farmácia Central e a Farmácia Solidária. A primeira é semelhante àquela que já existe na unidade da Policlínica. Onde é possível adquirir medicamentos controlados e da rede básica. Enquanto a Farmácia Solidária é um espaço cujo estoque é formado por medicamentos advindos de doação de clínicas e consultórios médicos.

Na unidade farmacêutica é possível adquirir medicação controlada, como antidepressivos, remédios para epilepsia, esquizofrenia e remédios de tarjas vermelha ou preta. Com a população tendo mais de uma opção, diminui o tempo de espera e filas, principalmente na Policlínica. O CAF foi inaugurado dia 4 de setembro. O balanço dos primeiros dois meses registra 1298 pacientes atendidos, de um total de um total de 2021 usuários. Assim, 64,22% dos pacientes saem com uma ou mais medicação de amostra grátis. Não existe um perfil único do público atendido no CAF. Lá circulam usuários de todas as idades, desde jovens até idosos.

1925 pacientes já foram até a Farmácia Central. O número de atendimento mensal tem aumentado. De 4 de setembro a 4 de outubro foram atendidos 896 pacientes. E de 5 de outubro a 5 de novembro foram registrados 1029 usuários. Feita a comparação, houve um aumento de 14% do público.

Serviço

O telefone do Centro de Atenção Farmacêutico (CAF) é 3525-3071. O CAF está no cruzamento da Aristiliano Ramos e a travessa Bento de Oliveira. Próximo ao terminal rodoviário. O atendimento é de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Mário Dáud         

Departamento de Comunicação

Prefeitura de Rio do Sul

(47) 3531-1315

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA