De acordo com a secretária da Saúde, Andressa Hadad, os processos estão todos em andamento. “Nosso objetivo com esse documento é ratificar as ações que estamos realizando para que o Pronto socorro do HMRC seja desativado nos próximos 120 dias, garantindo segurança e qualidade de atendimento”, afirma.

Neste prazo de 150 dias, serão abertos um novo Pronto Atendimento no Bairro dos Municípios e, também, a Unidade de Pronto Atendimento do Bairro das Nações, que se somarão à Unidade de Pronto Atendimento da Barra, perfazendo três portas de atendimentos de Urgência e Emergência para a comunidade.

Também nesse período, para a mudança do sistema de atendimento, a Secretaria de Saúde procederá a desabilitação do Hospital Ruth Cardoso da Rede de Urgência e Emergência junto ao Ministério da Saúde e irá despactuar o hospital junto a Comissão Intergestora Regional (CIR), o que na prática significa que o Ruth Cardoso receberá somente pacientes do Município de Balneário Camboriú no formato referenciado, ou seja, “Porta Fechada”.

COMENTE ESSA HISTÓRIA