As propostas feitas pelas Organizações Sociais (OS) devem ser protocoladas até o dia 05 de outubro de 2018 na Secretaria de Compras do Município. A terceirização objetiva agilizar e melhorar a qualidade do atendimento aos pacientes que utilizam os serviços prestados pelo Hospital e pelo Centro de Diagnose.

“O Ruth Cardoso continua sendo público, e caberá ao Município a fiscalização quanto à qualidade do atendimento aos pacientes e os serviços prestados. Nós vamos conseguir mais eficiência e mais celeridade na compra de insumos e equipamentos e na contratação de serviços porque a gestão privada não está sujeita à burocracia da gestão pública. A opção da contratação de uma Organização Social trará muitos benefícios para a Saúde, tanto na redução de custos, como também na possibilidade de aumento dos investimentos, tanto no Ruth Cardoso, como, também, na atenção básica que é uma prioridade para o governo”, explicou o prefeito Fabrício Oliveira. “Importante também salientar nossa atenção na qualidade do serviço que vai ser oferecido aos cidadãos, tanto no atendimento, quanto em equipamentos, em leitos e na resolutividade dos processos”, completou.

Segundo a secretária de Saúde Andressa Hadad, a busca é pelo melhor projeto técnico apresentado pelas concorrentes. “Seguindo a orientação do prefeito, nós estamos primando muito pela qualidade do serviço que vai ser ofertado. As metas do hospital estão 'linkadas' ao plano operativo que vai nos nortear na avaliação da Organização Social vencedora do processo. Uma Comissão de Avaliação e Fiscalização (CAF), ficará no hospital e fará o acompanhamento do plano operativo e a fiscalização tendo acesso total à documentação. A pesquisa de opinião dos pacientes também será avaliada pela CAF para acompanhar o serviço prestado", disse a secretária.

A CAF será formada por servidores efetivos, e composta por técnicos em Saúde, técnicos em Contabilidade, da área Jurídica e o do Conselho Municipal de Saúde. O trabalho desenvolvido pela comissão também será acompanhado pela Procuradoria, pela Controladoria do Município e pelo Observatório Social.

Os envelopes com a documentação e as propostas de trabalho serão abertos no dia 08 de outubro próximo. A expectativa é que a divulgação da entidade selecionada se dê em 1º de novembro deste ano. Vinte e duas entidades do país estão habilitadas a participar do processo.

O edital está na no site da Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú no link: https://www.bc.sc.gov.br/arquivos/licitacao/MV4YX7XS.pdf 


O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA