A Prefeitura de Camboriú por meio das Secretarias de Educação e Proteção e Defesa Civil, aderiu ao Defesa Civil na Escola. O Programa foi criado pelo Instituto Federal Catarinense, campus Camboriú (IFC) e Defesa Civil de Santa Catarina, com o objetivo de capacitar alunos e professores para atuarem na gestão de risco e de desastres junto à comunidade e à Defesa Civil de cada município. A partir deste mês o programa será introduzido na grade curricular das aulas não presenciais, em várias disciplinas, nas turmas dos 6° ao 9° ano.

De acordo com o secretário municipal de Proteção e Defesa Civil, Adelson Maçaneiro Coelho, será implantado um módulo especial do Covid-19 e plano de emergência familiar. “É muito importante a adesão de Camboriú, principalmente, nesse momento onde vivemos a pandemia do Coronavírus, com esse módulo especial que trata desse assunto”, destaca. 

Os professores passam por uma capacitação. As diferentes disciplinas vão abordar o tema e os alunos poderão acessar o material com exercícios elaborados pela equipe técnica da Defesa Civil de SC. “Desta forma os alunos absorvem conhecimento sobre o momento que estamos passando e podem compartilhar a informação em casa com seus familiares, contribuindo para evitar a propagação do vírus, entre outras ações. É mais um canal para levar informação e orientação sobre a Covid-19 e uma oportunidade de levar até os alunos conhecimentos acerca do importante trabalho realizado da Defesa Civil”, explica Adelson.

O programa já é realizado em várias cidades do estado e alguns professores da rede pública de Camboriú já passaram por capacitação. O Defesa Civil na escola tem até uma mascote – um cachorrinho, chamado Radar – que simboliza estar sempre alerta pronto para agir em defesa do cidadão.   “Levar a Defesa civil até os alunos é um passo muito importante que Camboirú está dando. Eles vão entender o papel do órgão e a participação da comunidade na defesa da própria comunidade. Ele estimula a autoproteção e, é realidade em muitos países a exemplo do Japão onde a população já sabe de que forma agir para melhor se proteger quando recebe um alerta dos órgãos do país, semelhantes à Defesa Civil, reduzindo assim, os riscos de perdas materiais e de vidas humanas”, conclui Adelson.


Conheça  o programa

O programa é um instrumento de ação para a redução da vulnerabilidade, atuando na redução de danos e prejuízos, na prevenção, na mitigação e na preparação por meio dos estudos básicos sobre gestão de riscos e gestão de desastres, cidadania, meio ambiente e segurança global. A escola é um espaço propício para implanta-lo. O programa é uma das formas de assegurar o cumprimento da Política Nacional de Proteção e Defesa Civil (PNPDC), Lei 12.608/2012, que tem como um de seus preceitos a autoproteção.

 As ações realizadas pela Defesa Civil de Santa Catarina, Coordenadorias Municipais de Defesa Civil (COMPDEC’s), Coordenadorias Regionais de Defesa Civil (COREDEC’s) e IFC em escolas utilizando as cartilhas Série Nossa Segurança vem alcançando bons resultados.

É fundamental capacitar e acompanhar os alunos e professores visando à promoção de ações que possibilitem a mudança de comportamento e a mudança cultural referente à gestão de risco e a gestão de desastres.

COMENTE ESSA HISTÓRIA