A Fundação do Meio Ambiente de Camboriú (Fucam) reforça para a comunidade a informação de que o óleo de cozinha usado está sendo recolhido pelo caminhão da coleta seletiva, juntamente com os materiais recicláveis das residências. Ele deve ser deixado em frente à casa, juntamente com os demais resíduos, mas dentro de garrafas pet – ou outros recipientes que não quebram nem permitem que o óleo vaze.

Liara Rotta Padilha Schetinger, presidente da Fucam, reforça a importância da destinação correta do óleo usado. "O óleo de cozinha é altamente poluente para a água, o solo e até mesmo a atmosfera. Para se ter uma ideia, 1 litro de óleo depositado na natureza pode contaminar cerca de 1 milhão de litros de água, o que é aproximadamente o consumido por uma pessoa em 14 anos de sua vida", explica.

O itinerário da coleta seletiva em Camboriú é realizado por bairros, da segunda-feira ao sábado. Os moradores devem deixar os resíduos recicláveis para coleta logo na primeira hora do dia para garantir que serão recolhidos – já que o caminhão circula em horário comercial, das 7 às 18 horas. Nas segundas-feiras, a coleta é realizada no bairro Areias. Nas terças, o caminhão circula pelos bairros Santa Regina e localidade da Toca. A coleta no Centro é realizada nas quartas-feiras.

Já nas quintas-feiras, o caminhão coleta recicláveis no Loteamento Minela, bairros Lídia Duarte, Cedro e Rio Pequeno, além do loteamento Jardim Paraíso. Nas sextas-feiras, quem deve deixar os resíduos em frente de casa para a coleta são os moradores dos bairros São Francisco de Assis, Rio do Meio e loteamento Santa Clara. Loteamento Jardim Bela Vista e áreas próximas recebem o serviço aos sábados pela manhã.

Quem mora no Distrito de Monte Alegre, onde o serviço de coleta de recicláveis têm sido feito por catadores autônomos e cooperativas locais, conta com coleta de óleo usado de cozinha em seis unidades municipais de ensino: Escola Professor Abalor Américo Madeira e CEI Eurípedes de Paula da Silva, no Conde Vila Verde; Escolas Anita Bernardes Ganancini, CAIC e CEI João de Souza Arruda, no bairro Monte Alegre; e Escola Domingos Fonseca, no Taboleiro.

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA