Foi publicada nesta segunda-feira, dia 29, a homologação do decreto de situação de emergência do município de Blumenau por causa das chuvas do último dia 16 de janeiro. Na ocasião, o prefeito Napoleão Bernardes, acompanhado de representantes das Secretarias de Defesa do Cidadão e Conservação e Manutenção Urbana, participou de uma reunião na sede da Defesa Civil estadual e apresentou os valores levantados para a recuperação dos pontos atingidos.

“O próximo passo agora é elaborar os planos de trabalho para a reconstrução da cidade, especialmente na região da Rua Araranguá. Esse reconhecimento da situação de emergência também é bom para as pessoas que foram atingidas, que podem conseguir linhas de crédito para se recuperar”, disse o prefeito. Sobre a liberação do FGTS, Bernardes citou o envolvimento de parlamentares da região, entre os quais o senador Dalírio Beber e o deputado federal João Paulo Kleinubing, como mediadores junto à Caixa Econômica Federal.

Durante os próximos dias, duas técnicas da Secretaria Nacional de Defesa Civil estarão em Blumenau para auxiliar na elaboração dos planos de trabalho. A primeira chegou nesta segunda-feira e vai trabalhar diretamente nas ações emergenciais já realizadas pela Prefeitura. Segundo levantamento prévio, já foram investidos cerca de R$ 769 mil nas ações de resposta, como desobstrução de ruas, remoção de entulhos, entre outros.

Na quarta-feira, dia 31, chega a segunda profissional que vai ajudar na elaboração do plano de resposta para a reconstrução das áreas públicas atingidas. A primeira previsão da Prefeitura aponta que seriam necessários R$ 13 milhões para a recuperação de ruas, calçadas, pontes e prédios públicos que foram atingidos. Tanto este valor quanto o de resposta podem mudar de acordo com o levantamento que será finalizado até o fim desta semana.

COMENTE ESSA HISTÓRIA