Após a aprovação de mais de 95% dos pais, alunos e professores, o programa Escola da Inteligência será ampliado em Itajaí. Serão 31 unidades de ensino e 12.300 alunos e famílias envolvidas em 2018. A proposta, desenvolvida pelo psiquiatra, escritor e pesquisador Augusto Cury busca o desenvolvimento da inteligência, da saúde emocional e da construção de relações saudáveis.

A pesquisa realizada pelos profissionais da Inteligência Educacional, de Goiás, mostrou a importância da continuidade do programa neste ano. No levantamento realizado com 14 unidades e 6.300 alunos no ano passado, 98,1% dos pais, 99,2% dos professores e 95,1% dos alunos aprovaram o projeto.    

“Vemos uma grande melhoria na qualidade de vida de nossos alunos e professores. Com a aprovação de todos os envolvidos, vamos continuar e ampliar o atendimento para melhorar a saúde emocional e a construção de relações saudáveis às famílias”, destaca o prefeito Volnei Morastoni.

Para a equipe que trabalhou diretamente com o programa, 2017 foi um ano de aprendizado, empatia, autonomia, aceitação e conhecimento científico para o melhor desempenho dentro da sala de aula.

Além da ampliação das unidades escolares participantes, três parcerias foram realizadas para melhorar a aplicação do programa no município, sendo eles: o Conselho Tutelar;  o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) para capacitar os 365 professores; e dois supervisores para passar nas unidades de ensino semanalmente para verificar dificuldades.

“A equipe ficou bastante satisfeita com os trabalhos realizados em 2017. Salvar vidas de adolescentes que chegaram a pensar em cometer suicídio e que melhoraram a autoestima com a eficácia do programa nas escolas. Conseguimos salvar vidas através dos livros”, ressalta a coordenadora do programa em Itajaí, Kátia Teixeira.  

O programa

Estudos realizados no Brasil apontam problemas socioemocionais em vários níveis, entre eles: problemas de concentração; sintomas de timidez e insegurança; violência nas escolas; bullying; vestibulando com transtorno depressivo; ou algum transtorno psicológico.

No material da Escola da Inteligência, aspectos preventivos  são desenvolvidos para promover a autoconsciência, autoestima e automotivação e a determinação dos alunos, pais e professores que recebem os livros.

De acordo com a equipe da Inteligência Educacional, centenas de escolas já fizeram o uso do método e mais de 1 milhão de pessoas foram beneficiadas. Entre os benefícios notados, estão a melhora do desenvolvimento das competências socioemocionais,  cognitivo, habilidades interpessoais e participação na própria família e na vida pessoal.   

Calendário do programa em 2018

06/02

Reunião com os 31 diretores das unidades;

07/02 – 7h45 e 13h30

Formação continuada para as escolas veteranas com psicólogos e pedagogos da Inteligência Educacional;

08/02

Formação continuada para novas escolas participantes com psicólogos e pedagogos da Inteligência Educacional;

07 e 08/02

Palestra com professores e diretores com a equipe do CREAS;

19 a 22/02

Entrega dos materiais para os pais;

2 a 6 e 9 a 3/04

Acompanhamento da Inteligência Educacional e reunião nas escolas;

12 a 29/06

Acompanhamento da Inteligência Educacional e reunião nas escolas;

04/07 

Reunião da coordenadora com diretores e professores;

07 a 09/08

 Workshop  para professores, diretores, APP, Conselho escolar e profissionais de empresas terceirizadas  para mostrar os trabalhos realizados;

11/09

Reunião da coordenadora com diretores e professores;

1º a 11/10

Acompanhamento da Inteligência Educacional com coordenadora e supervisores;

29/11

Encerramento, portfólio e devolutiva da pesquisa 2018.


COMENTE ESSA HISTÓRIA