A construção de novas Unidades Básicas de Saúde está em ritmo acelerado em Itajaí. Os projetos vão beneficiar as comunidades do Rio Bonito e Bambuzal, no bairro São Vicente, com espaços mais amplos e modernos para atendimento. A UBS Rio Bonito será uma das maiores do país com mais de 1,2 mil m² de área construída. Já a UBS Bambuzal ficará mais próxima da população e terá 176 m² de área útil. A previsão é entregar a parte estrutural das obras em junho deste ano.

“Estas unidades estão sendo muito esperadas pela comunidade e, com certeza, trarão melhor qualidade de vida para a população. Mesmo com a pandemia do COVID-19, a empresa está conseguindo manter o ritmo das construções”, comenta o secretário de Saúde de Itajaí, Emerson Duarte.

A Unidade Básica de Saúde Rio Bonito tinha 461,65 m² e irá triplicar de tamanho com a reforma e ampliação. As seis equipes de Estratégia Saúde da Família da unidade, que atendem uma população de aproximadamente 25 mil pessoas, contarão com 14 consultórios clínicos com banheiros acessíveis, seis consultórios odontológicos e sala de espera com 132 lugares.

Além disso, a UBS terá sala de vacina, sala de medicação, sala de curativo, sala de educação permanente, sala para agentes comunitários de saúde, área de convívio interno para servidores com refeitório, copa, cozinha e vestiários, sala de procedimentos, farmácia, entre outros ambientes. A nova sede ainda será totalmente climatizada e informatizada, bem como vai contar com acessibilidade e estacionamento. O investimento na parte física é de cerca de R$ 1,8 milhão, com recursos próprios.

Já a UBS Bambuzal voltará a ficar localizada na rua São Joaquim, 399, no coração do loteamento. Com a reforma e ampliação, a unidade contará com três consultórios clínicos, um consultório odontológico, um consultório de psicologia, um consultório ginecológico, sala de esterilização e expurgo, sala de triagem, sala de reunião para agentes comunitários de saúde, sala de medicação, sala de vacina, sala para coordenação e farmácia.

O local terá ainda banheiros acessíveis, estacionamento e recepção. O investimento do município na obra é de aproximadamente R$ 402 mil.

“Estamos acompanhando e fiscalizando de perto as duas obras. O ritmo de trabalho está acelerado e, se continuarmos assim, conseguiremos entregar a parte física das obras ainda em junho”, comenta o diretor de manutenção da Secretaria de Saúde, Aldo Ruy Schmitt Jr.

COMENTE ESSA HISTÓRIA