Importante pólo náutico e turístico do país, a cidade de Itajaí mantém 100% das praias próprias para banho. Durante a alta temporada, de novembro a março, o índice de balneabilidade é divulgado semanalmente pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA). No município de Itajaí, a pesquisa é feita em três pontos distintos da Praia Brava, um na Praia de Cabeçudas e outro na Praia do Atalaia. Os dados foram divulgados pelo órgão ambiental nesta quinta-feira (02).

O índice de balneabilidade é a qualidade das águas destinadas à recreação de contato primário, sendo este entendido como um contato direto e prolongado com a água, como em atividades de natação, mergulho, esqui-aquático, entre outras, onde a possibilidade de ingerir quantidades apreciáveis de água é considerada.

Em Santa Catarina, o IMA disponibiliza placas de sinalização na orla das praias para informar a situação de balneabilidade das mesmas. Os banhistas também podem acessar o site do órgão ou conferir a situação das praias catarinenses por meio do aplicativo Praia Segura.


Colabore! Faça sua parte

Durante a alta temporada, o município de Itajaí conta com um reforço nas equipes de limpeza e coleta de lixo nas praias da cidade. Mas vale ressaltar que os banhistas também podem contribuir com o meio ambiente e ajudar a manter os 100% de balneabilidade das praias itajaienses.

Na praia, é recomendável que toda a família leve sacolas ou sacos recicláveis para recolher todo o lixo que produziu. Ao deixar o local, esses resíduos devem ser depositados nas lixeiras espalhadas pela faixa de areia. Lanches, frutas e demais alimentos, por exemplo, devem ser colocados preferencialmente em embalagens reutilizáveis.

Vale lembrar, ainda, que mesmo com todos esses cuidados, o vento pode ser um inimigo, ao espalhar resíduos pela orla e até mesmo para o mar. Quando isso acontecer, recolha tudo e deposite na lixeira mais próxima. A qualidade da água e o equilíbrio do mar são comprometidos pelo lixo, além do dano causado às espécies marinhas e ao meio ambiente em sua totalidade. 

COMENTE ESSA HISTÓRIA