Mais de mil voluntários e 20 embarcações se reuniram neste sábado (23) para a 8ª edição do mutirão de limpeza Juntos Pelo Rio e Contra o Aedes aegypti. Durante toda a manhã os participantes recolheram resíduos das margens dos rios Itajaí-Açu e Itajaí-Mirim, na avenida Beira-Rio, no Molhe da Barra e na Praia do Atalaia. Também foram realizadas blitze educativas para combate do mosquito Aedes aegypti e oficinas de educação ambiental com crianças.

Organizado pelo Município de Itajaí, por meio do Porto e do Semasa e com o apoio de instituições públicas e privadas, o evento iniciou às 7h30 deste sábado (23), no anexo do Centreventos, com a recepção e distribuição de kits de limpeza aos voluntários. Jovens, adultos, crianças e idosos participaram da iniciativa. A Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil deram apoio ao mutirão.

“É importante estar aqui para manter o ambiente limpo e conscientizar as pessoas sobre esses cuidados com o rio e contra o mosquito da dengue”, relatou a aluna Karine Stefhany Paulo, de 15 anos, que participou pela primeira vez no mutirão junto com colegas e professores da Escola Básica João Paulo II.

O Instituto Crescer também participou do evento com 90 jovens de 14 a 18 anos. Para a gestora da ONG, Sandra Mara de Andrade, estar presente no mutirão é uma forma de impactar os adolescentes e contribuir para criação de uma consciência ambiental e sustentável. “Nós já trabalhamos com essas questões no instituto, mas participar do mutirão mostra essa realidade e faz com que os jovens repliquem esses cuidados em suas comunidades”, afirma.

Em três pontos da cidade, escoteiros e agentes de endemias da Secretaria de Saúde promoveram blitze de prevenção ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika. Foram entregues materiais informativos com orientações aos motoristas e moradores. No Centreventos de Itajaí, as crianças ainda puderam participar de jogos educativos realizados pelo Programa de Controle da Dengue e pela Univali.

Mares limpos

Alusivo ao Dia Mundial da Água (22 de março), o Juntos Pelo Rio surgiu em 2012 durante a primeira passagem da Regata Volvo Ocean Race por Itajaí. Com mais de 80 toneladas recolhidas ao longo de suas edições, a iniciativa vem crescendo a cada ano. Em 2019, a organização bateu a meta de mil voluntários, consolidando a importância do evento no calendário do município.

A assinatura da Carta Compromisso de Mares Limpos com a Organização das Nações Unidas (ONU) também foi lembrada na abertura do mutirão. Com isso, Itajaí se tornou a primeira cidade brasileira a abraçar a causa pela redução de lixo marinho e conscientização da população.

“Nós só vamos conseguir ter os mares limpos, quando tivermos os terrenos baldios limpos, as ruas limpas e as bocas de lobo desentupidas. Porque todo esse lixo acaba indo para o mar. Se nada fizemos em 2050 teremos mais lixo nos mares do que peixes. Por isso, Itajaí quer ser uma Cidade Lixo Zero, queremos a coleta seletiva em grande escala e vamos desenvolver cada vez mais a consciência ambiental”, destacou o prefeito Volnei Morastoni na abertura do evento.

Lixo marinho

Sofás, geladeira, vasos sanitários, televisores e milhares de garrafas pet. Esses foram alguns dos itens recolhidos pelos voluntários na limpeza dos rios. Os resíduos não recicláveis recolhidos serão destinados ao aterro sanitário e os resíduos recicláveis irão para Cooperativa de Trabalho dos Catadores de Material Reciclável da Foz do Rio Itajaí (Cooperfoz). O montante recolhido será divulgado na próxima semana, após a segregação e pesagem.

Mesmo com ações de limpeza anuais como o mutirão, as consequências do despejo irregular de resíduos no rio continua afetando a cidade. A dragagem realizada pelo Porto de Itajaí, por exemplo, recebe todo esse lixo. “Somente em janeiro deste ano foram retiradas 20 toneladas de resíduos pela draga, um custo que seria bem menor para o município com a conscientização das pessoas”, comenta uma das organizadoras do mutirão, Médelin Pitrez.


O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA