O profissional já havia sido afastado do trabalho no início da quarentena, quando foi determinado pelo Governo Municipal a suspensão das consultas eletivas e desde de então ele não realizava mais atendimentos, assim como outras especialidades.

Vale ressaltar que os sintomas e a confirmação do coronavírus aconteceram depois deste afastamento e que o profissional também trabalhava no Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú.

Fica a história de um profissional competente e atencioso. Aos seus familiares nossos sentimentos!



COMENTE ESSA HISTÓRIA