Numa cidade com a população total de 21.884 habitantes, segundo a última estimativa populacional divulgada pelo IBGE, o relatório da Secretaria de Saúde aponta que nos nove primeiros meses deste ano, o setor de odontologia de Balneário Piçarras realizou quase 15 mil atendimentos.

Destes, somente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS's), um total de 8.825 consultas com dentistas foram realizadas com 4.083 pacientes. O restante dos atendimentos são realizados em grupos, a partir de ações nas escolas.

Foram, no total, 5.337 atendimentos em grupo – que se referem às ações estratégicas nas escolas municipais. "São as atividades com as crianças das escolas. Escovação supervisionada, bochechos com flúor e avaliação individual de alterações de saúde bucal", explica o Coordenador da Saúde Bucal, Jonas Tavares.

O relatório da Secretaria ainda detalha 669 encaminhamentos ao Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) da Univali, em Itajaí, que são os casos de maior complexidade. Dessa forma, pacientes que necessitem de tratamentos especializados, "que excedem a competência de nossas unidades básicas, podem ser encaminhados, via Secretaria de Saúde, para o CEO em Itajaí. Entende-se aqui, o acesso ao nosso munícipe a tratamentos especializados como cirurgias de sisos e complexas, biópsias e diagnósticos de câncer bucal, tratamento de canais de molares, tratamento a pacientes com necessidades especiais", reforçou Jonas.

Para o Secretário de Saúde, o índice mostra a eficiência do serviço prestado gratuitamente a população "A odontologia é um dos setores mais requisitados dentro do sistema municipal de saúde e adotamos uma postura de trabalho mais intensa nos últimos meses, resultando em um atendimento maior à comunidade", afirmou Vinicio José Santos.

Todas as UBS's de Balneário Piçarras possuem consultório odontológico, tendo nas unidades do Itacolomi/Bela Vista e Nossa Senhora da Paz dois consultórios e duas equipes cada uma. "Houve um aumento da demanda nestas unidades e por isso ampliamos as equipes, algo que acontecerá gradualmente nas demais comunidades se também verificarmos o aumento da procura pelo atendimento odontológico", reforçou o secretário.

Nas Unidades, o período matutino é direcionado aos pacientes que buscam por tratamento inicial, demanda espontânea e emergências. Já o vespertino é prioritariamente para consultas de retorno. 

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA