A Defesa Civil de Balneário Piçarras informou que as rajadas de vento registradas na última terça-feira (30) causaram prejuízos materiais em Balneário Piçarras. A ventania, que atingiu cerca de 90km/h, está relacionada a um ciclone extratropical. Não houve ocorrência de desabrigados. A Defesa Civil está disponível pelo número de celular (47) 99155-0450, que também é WhatsApp.  

As rajadas de vento causaram queda de árvores – provocando a interdição de trecho de vias urbanas e rurais, danos à fiação elétrica e residências – destelhamentos, queda de placas de identificação, muros, resíduos de obras privadas, outdoors, janelas e o estouro de vidros. A Defesa Civil atendeu ocorrências desde o início da ventania, distribuindo lonas e lanternas.

A Secretaria de Obras e a empresa responsável pela zeladoria urbana da cidade iniciaram a força-tarefa para a limpeza das vias públicas, com a retirada de árvores e galhadas. Os estragos foram contabilizados também em equipamentos públicos com danos em Ginásios, Escolas Municipais e equipamentos de Saúde. O Laboratório Municipal cancelou todas as coletas de sangue desta quarta-feira (01) e fica fechado devido ao destelhamento, que atingiu grande parte do local.              


Alerta para novas rajadas de vento

A Defesa Civil alerta para novas rajadas de vento com velocidade média de 60km/h nesta quarta-feira (01). O ciclone extratropical está se deslocando ao oceano, mas ainda deixa condições de vento forte em boa parte do estado. De acordo com o órgão, ainda há o alerta para risco de ressaca com ondas de até três metros.

A Coordenadora de Defesa Civil de Balneário Piçarras, Carla Krug, orienta como se proteger e evitar acidentes. "Em meio às rajadas de vento, busque sempre um local abrigado, longe de árvores, placas, postes de energia e outros objetos que possam ser arremessados. Se tiver em casa, fique distante de janelas e portas de vidro".

COMENTE ESSA HISTÓRIA