As Gerências de Meio Ambiente e de Operações realizaram, por meio da Superintendência do Porto de Itajaí, mais uma sequência de treinamento do Simulado de Emergência no mês de dezembro. O objetivo foi promover a integração dos órgãos com o Porto de Itajaí, bem como dar aos 48 participantes noções básicas de organização e preparação adequada em situações de emergência. A ação foi aplicada no berço 01 da área arrendada e berço 03 da área pública.

As práticas envolveram os cenários do Plano de Emergência Individual (PEI) e Plano de Controle de Emergência (PCE) do Porto de Itajaí. As atividades principais foram as de combate a incêndio e resgate em altura, em que os participantes testaram diversos procedimentos que são adotados em casos de emergência, como também as equipes de resposta.

“Estes exercícios de simulados servem justamente para treinarmos e capacitarmos todos os representantes de órgão e usuários do complexo, principalmente a classe dos trabalhadores portuários”, destaca a Gerente de Meio Ambiente, Médelin Pitrez dos Santos.

Compareceram os servidores do Porto e APM Terminals e de outras instituições, como brigadistas de incêndio e colaboradores da Segurança Portuária que atuam junto ao Centro de Controle e Comunicação (CCCOM), da Guarda Portuária, brigadistas de incêndio da APM Terminals, equipes da SUATRANS/ECOSORB, Unimed (que atuaram como espectadores e equipes de socorro), OGMO, Corpo de Bombeiros e demais órgãos que compõe o Complexo Portuário de Itajaí.

“Nunca tivemos grandes situações de emergência para serem solucionadas, mas nossas brigadas da Guarda Portuária e da APM Terminals sempre estiveram a postos e são muito bem treinadas para qualquer tipo de emergência”, afirma o Gerente de Operações, Ricardo Amorim.

O Assessor de Direção do Porto de Itajaí, Héder Cassiano Moritz, destaca a importância dos exercícios e faz uma análise da atuação destas atividades. “O simulado de resgates em altura é extremamente fundamental, porque no ambiente portuário existem equipamentos que podem apresentar dificuldades de acesso. Para o Porto de Itajaí é importante ter esse reconhecimento em nível nacional junto a Secretaria Nacional de Portos (SNP) e ANTAQ, pois demonstra que a Autoridade Portuária de Itajaí está cumprindo seu papel”, disse Héder.

De acordo com informações da Gerência do Meio Ambiente, outro treino de Simulado de Emergência está programado para março de 2018 com o tema “vazamentos de produtos perigosos”, que contará com a participação direta dos representantes dos órgãos intervenientes do Complexo Portuário de Itajaí e demais órgãos de segurança e defesa civil.

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA