Nesta sexta-feira, dia 4, a Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Promoção da Saúde (Semus), recebeu uma premiação da 1ª Mostra Catarinense Aqui Tem SUS – 2018, entregue durante o 68º Congresso de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina, realizado em Chapecó. O reconhecimento foi concedido em decorrência do trabalho “Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e a Experiência do Planejamento em Saúde de Blumenau: promovendo a saúde global a partir dos esforços locais”, coordenado pelos servidores da pasta, Jolvane Amorim da Silva e Maria Cláudia de Souza Matias.

Ao todo, a mostra contou com a inscrição de 203 iniciativas de 72 municípios catarinenses, das quais 40 foram pré-selecionadas e tiveram a oportunidade de se apresentar durante o congresso. Os 21 trabalhos que receberam a premiação no evento, entre eles o de Blumenau, serão convidados para expor no 34º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, que ocorrerá entre os dias 25 e 27 de julho, em Belém (PA).

A experiência apresentada por Blumenau demonstra como o município tem alinhado o planejamento das ações e metas locais em saúde, por meio de instrumentos como o Plano Municipal de Saúde e o Plano Plurianual (PPA), aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. “A questão principal é inserir o município nas questões mundiais e contribuir para o alcance de metas globais a partir de ações locais. Blumenau fez isso em relação às políticas de saúde, inserindo os ODS no planejamento”, explica Jolvane. Um dos aspectos positivos do município em relação a essas metas globais são os baixos índices de mortalidade infantil, que atualmente estão em níveis melhores que da União Europeia.

Presente no evento, a secretária de Promoção da Saúde, Maria Regina Soar, destacou a relevância do trabalho promovido. “Aproximar o município dos objetivos constantes na Agenda 2030 é importante tanto para compararmos a excelente situação em que nos encontramos no cumprimento das metas mundiais, como nos permite contribuir para a promoção da saúde global a partir de esforços locais. Assim, integrando os diversos tipos de instrumentos para o planejamento, e com a participação dos atores interessados, é que esperamos vencer todos os desafios e obstáculos, garantindo uma saúde de qualidade em Blumenau”.

COMENTE ESSA HISTÓRIA