A Prefeitura de Camboriú, por meio da Defesa Civil, com apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), lançaram a campanha Cerol Não é Brincadeira, para conscientizar sobre os riscos do uso da pipa com cerol.

De acordo com o secretário de Defesa Civil, Adelson Maçaneiro, o objetivo da campanha é sensibilizar os moradores de Camboriú sobre os riscos que a brincadeira com pipa representa, se for utilizado material cortante (cerol). "O uso do cerol pode causar acidentes graves com pedestres e motociclistas, danos em fiações elétricas e até choques. Neste período de quarentena há mais utilização da pipa, por isso lançamos esta campanha de conscientização", ressaltou.

A Lei Municipal nº 2616/2013, proíbe a prática de empinar pipas nas ruas públicas em locais que estejam a menos de 200 metros de qualquer ponto de fiação elétrica. Também fica proibido no âmbito do município o uso de linhas com substâncias ou elementos cortantes, conhecidos como cerol ou similares.

Multa em caso de descumprimento da lei

Em caso de descumprimento da lei municipal prevê multa de 5 a 20 Unidades Fiscais do Município (UFMs), que é no valor de R$35,22. Sendo menor o infrator, o valor da multa será exigido de seus pais ou responsáveis.

COMENTE ESSA HISTÓRIA