A partir de 1° de agosto, a Prefeitura de Camboriú irá suspender as análises e aprovações de projetos para construção de loteamentos. A paralisação do serviço atende ao decreto 3.369/2018 e será mantida até o dia 31 de dezembro deste ano. O secretário de Planejamento Urbano, Claudinei Loos, explica que a suspensão visa controlar o crescimento urbano no município.
 
"Nos últimos 10 anos, Camboriú registrou um crescimento populacional significativo. Muitas pessoas vieram para a região em busca de empregos e fizeram do município praticamente dormitório. Nesse período, cerca de 7 mil lotes foram aprovados. A malha viária da cidade é antiga e não suporta esse crescimento, que afeta a mobilidade urbana, o meio ambiente, abastecimento de água, falta de empregos, entre outras áreas. A cidade precisa ser discutida com a sociedade governamental e civil para sabermos qual o cenário que queremos para Camboriú nos próximos anos", explica o secretário.
 
Não serão suspensas as análises para construções de condomínios horizontais ou programas habitacionais. Atualmente, oito projetos para loteamento estão em análise e quatro em pré-análise. Se as solicitações estiverem de acordo com a lei, os projetos serão aprovados. O prefeito Elcio Rogério Kuhnen acredita que a suspenção de análises irá estabilizar o crescimento urbano do município e, assim, melhorar a qualidade de vida ofertada em Camboriú.



O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA