Programa de Iniciação ao Primeiro Emprego acontece nas escolas da rede municipal de ensino. Para as duas escolas de educação integral trata-se de disciplinas obrigatórias, já para as demais é necessário que o aluno interessado faça inscrição. Para isso, é preciso que os estudantes estejam matriculados no 9º ano, sendo que a média de faixa etária do público é de 14 e 15 anos. As inscrições podem ser realizadas até o dia 6 de março.

Com exceção das escolas integrais, que tem o programa como disciplina curricular, os interessados de outras unidades de ensino se inscrevem de outra maneira. Um servidor da Secretaria de Educação (Seduc) fará triagem em cada unidade escolar para apresentação da proposta. O funcionário fará o recolhimento de inscrições mediante autorização de pais ou responsáveis. A secretaria oferece material didático, transporte da escola até o local de trabalho, além de realizar a intermediação e encaminhamento profissional.

A carga horária do programa gira em torno de 410 horas, sendo 370 de curso e temáticas mercadológicas somadas a 40 horas de estágio. A capacitação terá início dia 13 de março e encerra dia 28 de novembro, com 8 horas de mostra empreendedora. "Iremos concluir com a mostra empreendedora, que acontece no Parque Universitário Unidavi", explica a diretora de Projetos Educacionais, Adriana Bonaldo.

"A proposta do projeto é oferecer conhecimento para que o aluno construa os próprios conceitos. A Seduc propõe formar um futuro cidadão crítico e reflexivo. A secretaria toma para si a tarefa de transmitir conhecimento aliado ao desenvolvimento do mercado de trabalho local ao oferecer futuros novos profissionais para o segmento", frisa Janara. "A experiência que os alunos adquirem no programa pode se tornar uma ponte para a vida profissional na fase pós ensino fundamental", reitera Adriana Bonaldo. O projeto foi reimplementado em 2017 e chegou a funcionar de 2007 a 2012. A edição do programa, no ano passado, reuniu uma média de 100 alunos.


Etapas

1ª fase

Desenvolvimento de temáticas mercadológicas como empreendedorismo, marketing, plano de negócio, planejamento estratégico, marketing pessoal, dentre outros

2ª fase

Montagem de empresas virtuais

3ª fase

Mostra empreendedora com apresentação de empresas virtuais para banca examinadora

4ª fase

Vivências profissionais e estágios

5ª fase

Momento colóquio com apresentação de experiências adquiridas no estágio.


O Programa de Iniciação ao Primeiro Emprego é opcional nos centros educacionais: Daniel Maschio, Pedro dos Santos, Ricardo Marchi, Roberto Machado, Sebastião Back e Willy Schleumer. E é obrigatório nas escolas integrais Ella Kurth e Centro Educacional Prefeito Luiz Adelar Soldatelli – Ceplas.


COMENTE ESSA HISTÓRIA