Pelo menos 2.434 pessoas entregaram documentos pedindo a liberação do FGTS por conta da enchente deste ano em Rio do Sul em mutirão de atendimentos realizado na semana passada no bairro Canoas. Destes, 2.225 já foram repassados para a Caixa e os 209 restantes estão sendo reavaliados pela Defesa Civil.

Nestes casos em específico, há divergência entre o cadastro da Defesa Civil e o comprovante de residência do morador. Estes casos estão sendo analisados e a maioria deles já é considerado procedente, com destaque para o bairro Bela Aliança, onde o nome das ruas da Cohab é diferente do cadastro da prefeitura de Rio do Sul. Através de vistorias ou do programa de Geoprocessamento, ficou constatado que a residência foi realmente atingida.

Todos os pedidos de reavaliação são analisados individualmente, mesmo que seja em comunidades onde foi evidente que ocorreu inundação. A Defesa Civil inclusive fez vistorias em alguns pontos já indicados na semana passada para constatar divergências. Este relatório final deve ser encaminhado até o final desta tarde para a Caixa.

O mutirão de atendimento contou com cerca de 15 funcionários da prefeitura, número que subiu para 18, no último dia, além de atendentes da Caixa Econômica Federal que ajudavam na triagem. O número de atendimentos subiu no último dia por conta da repescagem, mas no geral, o movimento foi considerado normal.

Apesar das filas em alguns momentos do mutirão, a Caixa se responsabilizou em tirar dúvidas e esclarecer os contribuintes sobre documentos necessários. A maior dúvida era em relação ao comprovante de residência, que deveria constar em nome do contribuinte, ou com comprovação oficial de que ele morava naquele local no período antes da enchente.

A Caixa agora vai registrar todos os cadastros recebidos e eventualmente a liberação do benefício poderá ser negada por conta de erros na documentação, divergências pelas regras do programa ou até mesmo fraudes. Para quem estiver com o cadastro todo completo, a expectativa é que o FGTS seja liberado num prazo de até 30 dias.

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277



COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais