A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores de Santa Catarina (Fenabrave-SC), entidade que representa 645 concessionárias de veículos de todo o estado (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros) divulga o desempenho do setor automotivo no mês de novembro de 2017.

O segmento de automóveis e comerciais leves registrou, no acumulado de janeiro a novembro, 100.985 unidades licenciadas, resultado que representa alta de 9,31% sobre as 92.385 unidades de igual período de 2016. Em novembro, foram vendidas 10.465 unidades do segmento, apontando crescimento significativo, de 17,69%, sobre o mesmo mês do ano passado, quando foram vendidas 8.892 unidades.

O mercado total, considerando automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, somou, em novembro, 14.437 unidades, apresentando alta de 16,31% sobre o mesmo mês de 2016.

No acumulado do ano, a alta de todos os segmentos somados foi de 8,69%, na comparação com o mesmo período do ano passado, chegando a 140.203 unidades comercializadas de janeiro a novembro, contra 128.993 no mesmo período de 2016.

Segundo o presidente em exercício da Fenabrave-SC, Júlio Schroeder, os resultados apresentados confirmam as expectativas de retomada do crescimento em 2017, mantendo as projeções positivas. "A alta nos índices de confiança e a contínua queda na inadimplência, fez com que o comprador voltasse às concessionárias. O aumento da oferta de crédito também está contribuindo para a efetivação das compras".

Segundo levantamento da Fenabrave-SC, a frota circulante em Santa Catarina é de 4.826.505 veículos, sendo que a maioria é de automóveis, em um total de 2.770.115, seguido das motocicletas (1.065.087) e camionetas (240.945).

DESEMPENHO POR REGIÃO

Na Região da Grande Florianópolis os emplacamentos do acumulado do ano apresentaram aumento de 5,72% na comparação com o do ano passado, considerando o mercado total, automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários. Na comparação das vendas entre novembro e outubro deste ano, o aumento foi de 1,76%. Na comparação de novembro deste ano, com novembro do ano passado, o aumento foi de 8,36%.

Na Região Norte o acumulado deste ano quando comparado ao mesmo período de 2016, apresentou acréscimo de 12,19%. Na comparação entre novembro deste ano com novembro do ano passado o aumento foi de 21,32%. Já na comparação entre novembro e outubro deste ano, a queda foi de 4,53%.

A Região Oeste também apresentou acréscimo nos emplacamentos, tanto na comparação do acumulado deste ano, com o acumulado do ano passado (8,93%), como na comparação de novembro de 2017 com novembro de 2016 (24,52%) e na comparação com novembro e outubro deste ano (1,56%).

A Região do Planalto Serrano apresentou queda no acumulado deste ano sobre o acumulado de 2016 (1,34%), e também queda na comparação de novembro deste ano com novembro do ano passado (2,50%) e ainda queda de 6,84% na comparação de novembro e outubro deste ano.

A Região Sul registrou aumento de 7,89% na comparação do acumulado deste ano com o do ano passado, e aumento entre novembro deste ano com novembro de 2016 (11,56%) e uma leve queda entre outubro de 2017 com novembro de 2017 (1,10%)

A Região do Vale do Itajaí apresentou aumento nas três comparações: acumulado deste ano com 2016 (10,88%), novembro deste ano com novembro de 2016 (20,87%) e entre novembro deste ano com outubro deste ano (4,48%).

Mais informações no site www.fenabravesc.com.br

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277



COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais