A rua também é palco para o 5º Festival Brasileiro de Teatro Toni Cunha. O evento promovido pela Fundação Cultural de Itajaí, com o apoio do Governo Federal, começa neste domingo (22) com um grande espetáculo ao ar livre. A partir das 17h, os artistas da companhia Ói Nóis Aqui Traveiz (RS) tomam conta da Praça Genésio Miranda Lins, na Beira-rio, com o espetáculo “Caliban: a tempestade de Augusto Boal”. A apresentação é gratuita.

Com figurino de encher os olhos e um roteiro de 90 minutos, o público terá acesso a um espetáculo que já passou pelas principais capitais do país. Caliban abre as apresentações do Festival de Teatro que segue até o dia 29 de outubro. Serão mais de 24 horas em atrações ao longo de uma semana de Festival.

O teatro de rua é uma das estratégias de aproximar o público das artes cênicas. O Festival oferece quatro apresentações externas e gratuitas. Além disso, outros palcos da cidade receberão espetáculos nacionais inéditos, mostra local e atividades de formação.

O 5º Festival Brasileiro de Teatro Toni Cunha é um realizado por meio do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac / Lei Rouanet), com patrocínio de Lojas Havan, Brasfrigo S.A., Banco do Brasil e Bompack. O evento também conta com o apoio do Sesc e Itajaí Criativa.

Confira a programação completa

PROGRAMA TEATRO DE RUA


Dia 22/10 (domingo) - 17h


Abertura do Festival | Espetáculo Convidado

Espetáculo: Caliban - A Tempestade de Augusto Boal

Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz (Porto Alegre - RS)

Sinopse: Impulsionada pela ideia de que “somos todos Caliban”, a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz quer, com a encenação, analisar criticamente a “tempestade” conservadora que hoje sofre a América Latina, e especialmente o grande retrocesso nos direitos sociais e na luta pela autonomia econômica, política e cultural que vivemos no Brasil. A encenação é criada a partir do texto “A Tempestade” de Augusto Boal, escrita pelo autor no exílio, em 1974, período em que os movimentos sociais latino-americanos sofriam uma grande derrota frente ao imperialismo estadunidense e eram terrivelmente reprimidos pelas ditaduras civil-militares. A Tribo, sem trair a sua vocação artística, quer com o seu teatro de rua instaurar a alegria e a indignação nos seus milhares de espectadores.

Local: Praça Genésio Miranda Lins (Beira-rio)

Classificação Indicativa: Livre

Duração: 90 min

Valor: GRATUITO


Dia 23/10 (segunda) - 18h


Mostra Nacional

Espetáculo: O Concerto da Lona Preta

Trupe da Lona Preta (São Paulo – SP)

Sinopse: “O Concerto da Lona Preta” é um espetáculo inspirado na tradição circense e em músicas que fazem parte do imaginário popular. Cinco músicos, ou melhor, cinco palhaços tentam de forma divertida executar um concerto musical com um amplo e variado repertorio, que abrange arranjos musicais concernentes às manifestações populares, eruditas e popularescas.

Local: Praça Arno Bauer - ao lado do Museu Histórico

Classificação Indicativa: Livre

Duração: 45 min

Valor: GRATUITO


Dia 26/10 (quinta) - 15h


Mostra Local

Espetáculo: Estapafúrdio

Charles Augusto (Itajaí – SC)

Sinopse: Mambembear. Aí está a essência do artista. Levar sua arte a qualquer lugar onde alguém esteja disposto a apreciá-la. Pacacoenco, na companhia da sua amiga Jaguaruna, desbrava o interior da geografia mundial e do coração humano. As estradas são percorridas a pedaladas, e, na bagagem, o palhaço leva seus truques, sua casa e seu amor. Afinal, “... a poesia indica que as eras do universo passam e o homem que ama fica.” (Quirino)

Local: Praça Arno Bauer - ao lado do Museu Histórico

Classificação Indicativa: Livre

Duração: 40 min

Valor: GRATUITO


Dia 29/10 (domingo) - 17h


Mostra Nacional

Espetáculo: Simão e o Boi Pintadinho

Teatro de Mamulengo do Mestre Valdeck de Garanhuns (Guararema – SP)

Sinopse: Seu Vicente Pompeu vai realizar uma grande festa para comemorar o casamento de sua filha e entrega toda produção para Simão e Marieta que são seus afilhados e administradores da fazenda. A festa deve ser bem popular, com culinária e atrações artísticas que agradem toda comunidade. Aparecem uns intrusos querendo mudar tudo e Simão tem que fazer muitas peripécias para que a festa seja realizada.

Local: Praça Genésio Miranda Lins - Beira Rio

Classificação Indicativa: Livre

Duração: 60 min

Valor: GRATUITO

COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais