Com a proximidade do verão – período em que é maior a proliferação do mosquito Aedes aegypti –, o Município de Itajaí inicia, nesta segunda-feira (13), uma grande mobilização contra dengue. Neste período, secretarias municipais e o Semasa estarão engajadas na campanha #ItajaíContraDengue, realizando ações educativas e de prevenção pela cidade. As atividades encerram no sábado (18), Dia Nacional de Combate à Dengue, com blitze pelos bairros, orientações na Rua Hercílio Luz e show de humor educativo em frente ao Mercado Público.

A iniciativa da Secretaria de Saúde de Itajaí, por meio da Vigilância Epidemiológica, tem o objetivo de mobilizar toda a cidade em prol controle e prevenção da doença, evitando a proliferação do mosquito Aedes aegypti no período mais crítico do ano. “No verão, as chuvas e o clima quente favorecem o surgimento de criadouros do mosquito da dengue. A população precisa estar atenta, não jogar entulhos em terrenos e nem deixar água acumulada. Se todos estiverem mobilizados poderemos ter mais um verão sem dengue”, pontua a diretora de Vigilância Epidemiológica de Itajaí, Sandra Ávila.

A partir de segunda-feira (13), escolas, CEIs, CEDINs e unidades de saúde do município estarão promovendo uma série de atividades. Estão programados teatros educativos, elaboração de textos, desenhos, palestras, caminhadas, distribuição de folders, rodas de conversa com moradores, brincadeiras, entre outras ações voltadas à conscientização da comunidade e estudantes sobre a importância da prevenção da dengue. A Secretaria de Pesca e o Semasa também confirmaram a promoção de ações educativas durante a semana.

“Desde que assumimos estamos promovendo ações de controle da dengue pela cidade. Como verão está chegando, convidamos toda a população para se engajar nesse grande mutirão para combater o mosquito Aedes aegypti no município”, destaca o prefeito Volnei Morastoni.

Dia Nacional de Combate à Dengue

As ações da semana encerram no sábado (18), quando é celebrado o Dia Nacional de Combate à Dengue. Durante a manhã, das 9h às 11h, escolas municipais e unidades de saúde promovem blitze educativas pelos bairros. Serão mais de 20 pontos de orientações e distribuição de informativos no município.

No Centro, a mobilização ocorre na Rua Hercílio Luz, em frente à Casa de Cultura Dide Brandão. Das 9h às 11h, profissionais da Secretaria de Saúde vão apresentar o projeto Casa Sem Dengue. Mostrando à população, de forma lúdica, os pontos de acúmulo de água que devem receber cuidados nas residências.

O dia encerra com o show de humor gratuito "Causos da Dona Maricotinha", que contará com intervenções educativas sobre o controle da dengue. A apresentação ocorre em frente ao Mercado Público de Itajaí, a partir das 13h. Na ocasião, também serão premiadas as unidades escolares e de saúde que promoverem as melhores ações de combate ao mosquito aedes Aegypti durante o período da campanha.

Campanha #ItajaíContraDengue nas redes sociais

Além da mobilização em todo município, as redes sociais receberão uma ação especial. Durante a semana de 13 a 17 de novembro, a população será convidada a postar selfies fazendo uma ação de prevenção à dengue: conferindo seu quintal, eliminando recipientes com água, mobilizando sua rua no combate ao mosquito, entre outras. Para participar é necessário usar na postagem da foto, no Facebook ou Instagram, a hastag #ItajaíContraDengue.

Todas as iniciativas são válidas e as selfies mais criativas serão premiadas pela Secretaria de Saúde Itajaí. A seleção será feita pela Secretaria de Comunicação e a premiação vai ser entregue após o show de humor, no sábado (18), em frente ao Mercado Público.

Situação epidemiológica

Em 2017, de janeiro a novembro, Itajaí conseguiu reduzir o número de casos suspeitos de dengue em 71%. Foram registrados 412 casos suspeitos neste ano contra 1.470 contabilizados em 2016. Graças ao trabalho de controle do Aedes aeygpti, o município conseguiu ficar um ano sem registro de novos casos positivos.

Apenas um paciente contraiu dengue no município em 2017, sendo que no ano anterior foram registrados 83 casos positivos no mesmo período. A orientação aos moradores também foi intensa: os agentes de endemias do município realizaram até novembro 251.157 visitas em residências, comércios, terrenos baldios, armadilhas e pontos estratégicos.

“Uma das primeiras medidas no governo foi relacionada à dengue, com reativação da Sala de Situação municipal para elaboração de estratégias de controle em conjunto com outras secretarias municipais. Essa ação foi fundamental para que tivéssemos apenas um caso de dengue neste ano. O trabalho continua e essa campanha serve para lembrar que os moradores precisam continuar nos ajudando nessa luta”, afirma o secretário de Saúde de Itajaí, Celso Luiz Dellagiustina.

Para capacitar os profissionais de saúde sobre o tema, a Vigilância Epidemiológica, através do Núcleo de Controle de Zoonoses, promove ainda uma atualização para médicos e enfermeiros. O evento ocorre no dia 28 de novembro, às 14h, no auditório da Secretaria de Educação.

A capacitação será ministrada pelo médico infectologista da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE), Luiz Gustavo Escada Ferreira, e pelo coordenador do Programa de Controle da Dengue estadual, João Augusto Fuck. Os palestrantes irão abordar o manejo clínico de pacientes suspeitos, fluxograma de atendimento de pacientes e a situação epidemiológica de Santa Catarina e Itajaí.

COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais