De acordo com a Cerebral Palsy Foundation (CPF), a cada hora, uma criança nasce com paralisia cerebral no mundo. As sequelas decorrentes de lesão cerebral exigem uma atenção especial por parte dos pais e, consequentemente, de todos que estão envolvidos no desenvolvimento desta criança.  Em Itajaí, um grupo de profissionais e pais de crianças e adolescentes com sequelas de lesão cerebral criou em 2006, o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Educação Condutiva Pássaros de Luz

A proposta do grupo é buscar formas diferenciadas de atender e trabalhar com as crianças e responder às suas necessidades de aprendizagem, desenvolvimento e consequente qualidade de vida. O Pássaros de Luz é uma entidade civil sem fins lucrativos, instituída como Utilidade Pública Municipal, Estadual e Federal. 

Segundo a coordenadora do projeto, Cristiane Nadaleto, para conseguir manter um espaço adequado para a realização dos atendimentos de 33 crianças e adolescentes, além das parcerias com a Fundação Catarinense de Educação Especial que cede 11 servidores e a Prefeitura de Itajaí, a entidade empenha-se em angariar recursos e voluntários que contribuam com a Instituição. 


Anualmente a entidade realiza o Galeto Solidário e neste mês de novembro iniciou a venda dos Calendários 2018, que busca renda para manter os trabalhos no período fora da vigência das parcerias com a Prefeitura. A confecção do material foi custeada por colaboradores e patrocinadores que os próprios pais buscam ao longo do ano. "Os pais se unem para conseguir empresas que topem patrocinar a produção do calendário, sendo assim, toda a renda é destinada para a manutenção e sustentabilidade da entidade no período fora da vigência da parceria com a prefeitura", comenta Cristiane. 


Os calendários, no valor de R$ 10, podem ser adquiridos com os pais dos alunos e na secretaria da Instituição que fica na Rua Brusque, 241, Centro de Itajaí. Mais informações pelo telefone (47) 3349-9333 ou através do site: http://www.educacaocondutiva.org.br/ 

Sobre o Pássaros de Luz

O Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Educação Condutiva Pássaros de Luz atua desde 2006 na promoção da inclusão social e dos direitos das pessoas com deficiência. Tem como objeto social, o atendimento especializado chamado Educação Condutiva, dedicado às pessoas com sequelas neuromotoras de lesão cerebral. Esse tipo de pedagogia contribui ao máximo para o desenvolvimento desse público, respeitando suas características, necessidades e interesses, oferecendo alternativas de maior autonomia e integração familiar, escolar e social. 

O atendimento especializado desenvolvido pela instituição fundamenta-se nos princípios teóricos e práticos do sistema Petö ou Educação Condutiva. Segue suas normas e formas de organização. "Acreditamos e investimos na Educação Condutiva porque é uma proposta com teoria e prática pedagógica, com princípios educacionais atuando de forma efetiva na aprendizagem e no desenvolvimento dessas pessoas", afirma a Diretora Gracia Maria Nascimento Corrêa. 


O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277




COMENTE ESSA HISTÓRIA