As mulheres agricultoras do projeto de extensão Educação para Transformação: Meio Ambiente, Saúde e Gênero, promovido pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), participam, no dia 13 de setembro, de visita técnica ao Sítio Flora Biotivas, em Porto Belo. O sítio produz Plantas Alimentícias Não-Convencionais (Pancs), que são comercializadas para clientes em todo o País.

A iniciativa, com foco na agroecologia, orienta as produtoras rurais sobre a importância técnica de conhecer locais que são modelos dentro da agricultura sustentável. "É muito importante levar o conhecimento sobre as Pancs para as mulheres agricultoras. Além de ensiná-las sobre as propriedades nutricionais e medicinais, ainda mostramos o lado cultural de cada planta", resume Márcia Gilmara Marian Vieira, coordenadora do projeto.

A atividade conta com o apoio da Secretaria da Agricultura do Munícipio de Itajaí e é uma das etapas do trabalho relacionado ao uso de plantas alimentícias não-convencionais e medicinais, criado após a roda de conversa "Educação para Transformação: a importância da agroecologia na vida das mulheres agricultoras de Itajaí", realizada no dia 9 de agosto, no Campus da Univali, em Itajaí.

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA