O projeto 'Reintrodução do papagaio-de-peito-roxo no Parque Nacional das Araucárias, SC' do Instituto Espaço Silvestre, ONG com sede em Itajaí, é um dos finalistas do Prêmio Nacional da Biodiversidade (PNB) na categoria Sociedade Civil. O Instituto Espaço Silvestre é o único representante de Santa Catarina na final.


O Prêmio tem a finalidade de chamar a atenção da sociedade brasileira para as espécies ameaçadas de extinção, como é o caso do papagaio-de-peito-roxo. A comissão julgadora selecionou 17 trabalhos finalistas, dentre eles está o projeto da ONG, pioneiro no Brasil.


Todos as 17 iniciativas finalistas passarão pela escolha da comissão julgadora e também concorrerão ao prêmio especial Júri Popular. O vencedor será eleito por meio de votação eletrônica, que será segue aberta até o dia 22 de maio, quando ocorrerá o anúncio do vencedor. O público pode votar quantas vezes quiser até as 12 horas do dia 22 de maio. 


O projeto já reabilitou mais de 100 papagaios-de-peito-roxo, vítimas do tráfico de animais silvestres. Já foram soltas 83 aves em seu habitat natural. Além da reintrodução da espécie na natureza, a ONG também possui um projeto de geração de renda com a comunidade do entorno do Parque Nacional das Araucárias. A renda das mulheres que participam da produção de artesanato aumentou em 62% e o trabalho de educação ambiental do Instituto Espaço Silvestre já atingiu um milhão de pessoas em todo mundo.

 

Como votar no Prêmio Nacional da Biodiversidade:

 

1- Acesse a página de votação (http://pnb.mma.gov.br/juri_popular/);

2- Escolha o projeto de reintrodução do papagaio-de-peito-roxo;

3- Ao final da página, clique em registrar o voto (pode votar quantas vezes quiser)


COMENTE ESSA HISTÓRIA