No mês de abril, a Guarda Municipal de Balneário Camboriú realizou 108 prisões ou conduções. O número é 92% maior que o registrado no mesmo período do ano passado e é resultado da nova forma de atuação da Guarda, que saiu de suas bases, está mais nas ruas, intensificou o patrulhamento nos bairros e está mais integrada com as forças de segurança do município.


Dentre os registros no mês de abril, estão 12 mandados de prisões ativos (aumento de 1100%); 08 prisões por tráfico de drogas (aumento de 700%); 21 prisões ou conduções por furto (aumento de 133%); 08 prisões por roubo (aumento de 100%); 14 prisões por posse de entorpecentes (aumento de 100%); e 03 prisões por porte ilegal de armas - neste mesmo período de 2016 não foi realizada nenhuma.


Nas ruas, fazendo patrulhamento, os guardas podem abordar pessoas em atitudes suspeitas, antecipando e prevenindo o crime. “A efetividade dos números comprova que essa metodologia está dando certo”, ressaltou o secretário de Segurança, Gabriel Castanheira. Segundo ele, operações diárias estão espalhadas pela cidade para combater a criminalidade, uma delas é o patrulhamento 24h da Rua Corupá, no Bairro dos Municípios, um pedido da comunidade para combater o tráfico de drogas na região. A Força Tarefa de Segurança, formada pela Guarda Municipal, Polícia Militar e Polícia Civil, com apoio do Ministério Público, auxilia na investigação e resolução de crimes como roubo, furto, estelionato e crimes ambientais. Em abril, a Força Tarefa concluiu seu primeiro inquérito.

COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais