Três policiais militares foram presos preventivamente na terça-feira (15) a pedido da Justiça Militar. Dois deles servem ao batalhão de Balneário Piçarras, no Litoral Norte catarinense, e um de Barra Velha, no Norte catarinense.

A comunicação social do 1º batalhão da Polícia Militar de Itajaí confirmou que recebeu dois policiais de Balneário Piçarras. Já o tenente-coronel Luis André Pena Viana de Oliveira, responsável pelo 17ºbatalhão da PM de Joinville, disse que o oficial de Barra Velha está no local.

"A Justiça Militar da capital expediu o mandado. É um caso em sigilo", disse Viana. O G1 solicitou ao comando da corporação informações sobre o motivo das detenções, sem resposta até a publicação desta notícia. A reportagem também buscou informações com a Justiça Militar, mas não obteve retorno.

Em nota, a PM de Balneário Piçarras informou que os policias estão afastados dos serviços e "estão sendo investigados por supostamente ter envolvimento com a prática de crimes".

COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais