A Força Tarefa de Segurança, formada pela Secretaria de Segurança de Balneário Camboriú, por meio da Guarda Municipal, Polícia Militar e Polícia Civil concluiu a primeira investigação do grupo criado este ano, com apoio e aval do Ministério Público Estadual, para auxiliar na investigação e resolução de crimes como roubo, furto, estelionato e crimes ambientais.


Essa primeira investigação estava relacionada às ocorrências do pré-carnaval. O resultado foi apresentado nesta terça-feira (18), pelo delegado da Polícia Civil, John Vieira, o Policial Militar Lucas Figueira e o secretário de Segurança, Antônio Gabriel Castanheira. O inquérito foi enviado ao Ministério Público e Judiciário. Seis homens foram indiciados, sendo dois jovens de 18 e um adolescente de 16 anos por dano qualificado; um motorista por lesão corporal culposa e outro por direção perigosa; e um homem responderá por lesão corporal dolosa e participação em rixa.


Para concluir a investigação, a Força Tarefa formada por doze profissionais das três instituições de segurança, montaram a ordem cronológica dos fatos, identificaram os envolvidos e os atos cometidos por cada um deles. Vídeos de câmeras de segurança e feitos por populares, além dos boletins de ocorrência serviram de base para a investigação.


“Avalio como positiva essa primeira atuação da Força Tarefa, com certeza se não existisse esse grupo de segurança, ainda não teria sido feita a identificação e o indiciamento dos envolvidos. Agora seguimos nosso trabalho, com a investigação de outras ocorrências” conta o secretário de Segurança, Antônio Gabriel Castanheira.


A Força Tarefa está se reunindo em uma base montada no Bairro Monte Alegre, em Camboriú. Em breve, a equipe será transferida para uma base na Passarela da Barra, que está recebendo adaptações para melhor desenvolvimento dos trabalhos.

COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais