Na manhã desta segunda-feira (24/07) o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) esteve na Prefeitura de Itapema realizando busca e apreensão de documentos e computadores do setor de Alvarás. O trabalho foi acompanhado por membros da equipe de Governo que deram total apoio à operação que investiga possíveis irregularidades na emissão de alvarás temporários concedidos na administração anterior.

Desde o início do ano, a atual administração já havia verificado a possibilidade de irregularidades e imediatamente instaurou uma sindicância interna para apuração dos fatos que foi levada ao conhecimento do Ministério Público. Também no mês de junho, um decreto foi emitido pelo Governo Municipal e suspendeu por prazo indeterminado a emissão das guias para pagamento do Tributo TLET (Taxa de Licença para Exercício de Atividades Temporárias ou Eventuais) em Itapema.

A atual administração esclarece que seguirá dando todo apoio necessário à investigação para que os fatos e possíveis irregularidades sejam apurados, resguardando assim os princípios da administração pública que são a legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. É necessário esclarecer à população, por derradeiro, que os fatos ora apurados em nada se refere à atual administração, como dito, tomou todas as devidas providencias visando a apuração das possíveis irregularidades.   

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais