Na última quarta-feira (12), por volta das 03h47, uma guarnição PM foi acionada para atender uma ocorrência de mandado de prisão na rua Aldhemar Veiga, bairro  Cidade Nova.

A guarnição em rondas pela rua Adhemar Veiga, quando visualizaram um homem em atitude suspeita, o indivíduo, ao ver a viatura, se evadiu para o terreno de uma casa. Em seguida, os policiais adentraram o local e visualizaram-no escondido no sofá da casa, fingindo estar dormindo. No primeiro momento, ele se identificou como morador, porém estava ofegante e deitado calçando tênis e de boné gerando desconfiança, o proprietário da residência acordou devido aos barulhos e informou que o mesmo não morava ali e nem ao menos o conhecia.

Diante das circunstâncias, o agente foi abordado e identificado como A. C. A. DA S. 30 anos, (M), em averiguação foi constatado dois mandado de prisão ativo em seu desfavor, pelos artigos 155 (Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel: Pena - reclusão, de um a quatro anos, e multa.) e 157 (Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência à pessoa, ou depois de havê-la, por qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência: Pena - reclusão, de quatro a dez anos, e multa.) Diante dos fatos, foi proferida a voz de prisão a A. C. A. DA S. 30 anos, (M), e conduzido ao órgão competente.

COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais