Irmãos Joesley e Wesley Batista


A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (9,) uma nova etapa das investigações que envolvem a JBS. Agentes da PF estiveram na sede do grupo, em São Paulo, em busca de documentos que podem ser úteis às investigações que foram instauradas para apurar os lucros milionários que a J&F, controladora da JBS, teve a partir do uso de informações privilegiadas sobre as delações de seus executivos na Procuradoria-Geral da República.

A etapa de hoje cumpre mandados de busca e apreensão. Não há mandados de prisão. O novo inquérito foi aberto por requisição do procurador-geral Rodrigo Janot.

Os irmãos Joesley e Wesley Batista, principais acionistas do grupo e delatores da Lava Jato, teriam auferido ganhos extraordinários no mercado de compra e venda de dólares e ações do grupo quando o teor das delações dos executivos estava na iminência de ser conhecido.

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)


COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais