A Polícia Federal e a Federação Brasileira de Bancos - FEBRABAN firmaram nesta segunda-feira (18/09), acordo de cooperação técnica para aprimorar os mecanismos de combate aos crimes financeiros e cibernéticos. O Diretor Geral da PF, Leandro Daiello, e o Vice-Presidente da FEBRABAN, Alvir Hoffmann, assinaram em Brasília o termo que prevê o compartilhamento de tecnologias e informações com o objetivo de ampliar a capacidade operacional das instituições contra fraudes bancárias eletrônicas.

A parceria facilita a troca de informações entre a Febraban e a Polícia Federal em casos de suspeitas ou confirmações práticas de ilícitos penais. Tais medidas permitirão que o rastreamento de transações seja mais eficiente, uma vez que o cruzamento de dados será mais amplo e rápido. Imprime ainda celeridade na comunicação de indícios, o que permitirá minimizar os prejuízos gerados pelas práticas ilícitas.

Trata-se do primeiro passo de um projeto que objetiva abranger ainda a capacitação de agentes públicos e privados, o aumento do intercâmbio de informações com polícias estrangeiras, o desenvolvimento de tecnologias e outras ações.

O convênio, instituído pela primeira vez em 2009, demonstra o esforço das instituições em empreender melhorias constantes nas medidas de repressão a crimes praticados especialmente por organizações criminosas.


O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais