A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Santo Amaro da Imperatriz, desvendou um crime, que inicialmente fora denunciado como um estupro, nesta terça-feira, 15, naquela cidade.

Segundo o Delegado Rodrigo Mayer, na semana passada, uma mulher registrou um Boletim de Ocorrência (BO) informando ter sido estuprada. “Todas as diligências para casos como este foram adotadas, tendo inclusive a suposta vítima sido levada ao Instituto Geral de Perícias (IGP) por um Agente de Polícia”, explica.

De acordo com o Delegado, no decorrer das investigações, entretanto, descobriu-se  que, na verdade, nenhum estupro tinha ocorrido, e que a mentira fora contada para esconder um escândalo familiar. “A mulher confessou ter inventado a história e agora responderá pelo delito de falsa comunicação de crime. Casos como este infelizmente não são incomuns, e atrapalham muito o trabalho policial”, afirma.

Fonte: Polícia Civil de Santa Catarina.

O que você achou desta notícia? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram:

https://t.me/manchetedovale (@manchetedovale)

Entre em contato também pelo WhatsApp: (47) 9 9969-1277


COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais