A solicitação visa que estes profissionais estejam aptos a prestar os primeiros socorros tanto em casos de acidentes quanto em outras situações de emergência.

Para que não haja ônus para o município, o vereador sugere que o poder público busque parceria com órgãos competentes, como por exemplo, corpo de bombeiros, para que seja ministrado aos profissionais da área da educação um curso de prevenção e noção de primeiros socorros. “Com esta medida os profissionais estarão aptos a prestar um mínimo de atendimento a fim de assegurar a integridade dos alunos”, declarou Murilo.

O vereador acredita que conhecimentos básicos de primeiros socorros muitas vezes diminuem o sofrimento, evitam-se complicações futuras e podem inclusive salvar vidas.

 

 


COMENTE ESSA HISTÓRIA

Exibir mais